Ajude a manter esse site!!!

terça-feira, 24 de julho de 2012

Artigos: Infantil ou infantilizado?

Texto escrito por: André de Sousa


Infantil ou infantilizado?




Na grande era da tecnologia em que vivemos, é um desafio para os educadores de todo país fazerem o resgate do folclore brasileiro das suas brincadeiras e suas canções.


Será possível competir com os computadores, os moderníssimos vídeo-games com jogos 3D, os desenhos japoneses e os “astros” da música teen pop?


Um claro exemplo de gravação que não ajuda neste processo é o cd Músicas folclóricas Brasileiras, da editora Abril, em parceria com a fundação Victor Cívita. Quando se assina a revista Nova Escola o cd vem como brinde, para que os pedagogos, professores de arte e educadores em geral possam utilizar em suas aulas nas escolas de todo país.




O cd contém 26 faixas, 13 canções de várias regiões brasileiras mais seu o playback, mas, o que não colabora com a curiosidade e interesse na escuta é a maneira como o mesmo foi gravado. Todos os sons são produzidos por um sintetizador, na faixa “A carrocinha” uma marcha de carnaval, na introdução uma flauta pícollo e um trombone fazem um solo enquanto uma bateria, baixo e piano elétrico sustentam a base, em seguida entra uma voz feminina entra cantando o tema. Bem, esta descrição enquanto aos instrumentos de sopro é uma mera suposição, ajudado pelo gênero da musica, pois seguindo somente o som sem acompanhamento, poderia se sugerir vários outros instrumentos. A maneira de cantar também infantilizada transparece uma boa intenção; a de ser musicalmente infantil.



As lojas estão cheias de CDs, DVDs “educativos”, “infantis”, mais na sua maioria não passam de uma maneira equivocada de interpretar o universo da criança, como se não pudesse conter musicas com arranjos elaborados, utilizando diversos timbres e instrumentos, abertura de vozes etc. A música tem se adequar aos tempos modernos, não disputando, mas, oferecendo elementos que a modernidade não aborda.
 

No Brasil há uma dezena de educadores musicais, que buscam de maneira criteriosa preencher estas lacunas, produzindo materiais que abordam o folclore, e também materiais pedagógicos, para que, ai sim, os profissionais de educação possam sem medo oferecer aos seus alunos um material artisticamente atraente, com conteúdo selecionado para fazer pesquisas, jogos e dinâmicas.
 

Podemos ver o trabalho da mineira Cecília Cavalieri França, educadora musical Ph. D, professora adjunta da UFMG, possui diversas publicações e dois CDs de canções infantis de uma série Poemas Musicais. O cuidado em que ela produz seus materiais é de uma incrível sutileza, o livro disponível com partituras para acompanhar o cd, é muito bem impresso em papel de qualidade e os cadernos que vão para as crianças, têm muitas cores e desenhos, sem ser confuso visualmente.



No cd Poemas Musicais: ondas, meninas, estrelas e bichos (2003), finalista do prêmio TIM 2004, na faixa “Maria fumaça” a criança é levada a um passeio, morro acima – morro abaixo através da utilização de cinco notas da escala de Re maior, já na introdução notamos uma atmosfera lúdica e muito bem ambientada pelos diversos instrumentos que compõem a faixa, o arranjo é muito bem elaborado e cheios de convenções, piano, cello e flautas comandam a Maria fumaça e a cada repetição o arranjo se refaz, a canção é cantada por um coro de crianças muito bem afinadas.




Esse é um dos muitos exemplos que podemos encontrar, uma musica de qualidade no texto, na instrumentação, no arranjo, nas estruturas e na gravação. Por que não colocar esses exemplos em evidência para que todos os educadores possam conhecer e terem acesso? Por que gastar tempo e dinheiro em publicações com pouca qualidade, e que, a poucos vão interessar?  Assim como na música dos adultos, as crianças vivem uma turbulência em busca de uma música que as possam representar, já que eles não podem lutar por isso, vamos nós os adultos protestar e exigir mais atenção na formação musical dos nossos pequenos.   

Link: http://www.ceciliacavalierifranca.com.br/inicio/

Link: http://ceciliacavalierifranca.blogspot.com.br/


André de Sousa

Educador Musical, formado em Licenciatura Plena em Música pela UNIFIAMFAAM, pós - graduando em Educação Musical pela Faculdade Cantareira, atualmente é professor do Projeto Guri Santa Marcelina, autor do Blog Musicaliza Brasil e colaborador do Música e Movimento.

Link: http://musicalizabrasil.blogspot.com.br/

Link: http://www.musicaemovimento.com.br/

3 comentários:

  1. Concordo plenamente com seu ponto de vista. Nosso trabalho, é também, oferecer e indicar aos professores polivalentes boas gravações que serão disseminadas por eles em saula de aula, em sua maioria, principalmente na Educação Infantil. No ano passado escrevi no Blog do Colégio sobre o assunto e indicações de repertório para se apreciar e oferecer aos pequenos...dá uma olhadinha...segue o link:
    http://musica-marupiara.blogspot.com.br/2011/04/sabores-musicais-para-pais-e-filhos.html

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente!!
    Poucas vezes recorri a esses CDs infantis em minhas aulas pois é raro achar algo mais elaborado! Adoraria poder fazer algum trabalho nesse sentido com áudio...Quem sabe um dia...?
    Vou acessar esses links sugeridos...

    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Boa discussão André! E é sempre bom relembrar...
    Já existe muito música boa infantil produzida e ainda hoje, percebemos a veiculação de repertório estilizado, empobrecido cultura e musicalmente.
    []s
    Roberto Schkolnick

    ResponderExcluir